sábado, 2 de maio de 2009

Sérgio Alpendre encerra curso de Crítico de Cinema no NPDOV

Terminou na noite de ontem, no Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira (NPDOV) o curso de Crítico de Cinema, ministrado pelo crítico dos sites Cineclick e Contracampo, Sérgio Alpendre. O paulista, durante os últimos cinco dias, instigou os cerca de 40 participantes, a apreciarem o cinema do início do século passado- exibindo trechos de "O Nascimento de uma Nação" de D. W. Griffith, " Viagem à Lua" de George Méliès, "Intolerância" de Griffith, entre outros das décadas subsequentes.
O ápice do curso foi a exibição de "Rito de Amor e de Morte" de Yukio Mishima, "O Terror das Mulheres" de Jerry Lewis e de trechos de "Purgatório Heróica" de Yoshishige Yoshida e de um filme de Kenji Mizoguchi (que não lembro o nome agora).
Sérgio, inclusive, fez uma campanha a favor do diretor japonês Mizoguchi, que ele considera o melhor de todos os tempos.
Não sei para que ele exibiu na íntegra "O Rei do Baralho" de Bressane...Houve uma evasão geral da sala e eu fui a primeira a me retirar, após 15 minutos de projeção.
O que é aquilo? Para mim, cinema da pior qualidade, mas tem quem goste e a gente precisa respeitar. Alpendre exibiu, na verdade, para ver nossa reação de repúdio. E conseguiu.
No mais, valeu a pena essas 20 horas de contato com o paulista que em muito não combina comigo em gosto cinematográfico. Gosto muito de "Réquiem Para Um Sonho", "Foi Apenas Um Sonho", "Casa Vazia", "Linha de Passe", "Faca na Água" e ele, não.
Fazer o quê? Somos todos (des) iguais.
Valeu Sérgio por abrir minha mente, mais e mais para o cinema que tanto amo. E que o NPDOV invista em mais cursos como este.

Texto: Suyene Correia

2 comentários:

cauLUIZ disse...

Realmente o curso foi muito válido, parabéns ao NPDOV e a nós sobreviventes por ter resistido bravamente a alguns daqueles filmes toscos exibidos.

Abraço!!!

erivaldo07 disse...

Concordo plenamente com vc Suyene. Nós daqui q somos tão orfãos de coisas boas, presisamos ter cursos assim. Foi mt bom.
Abração!

Eri