segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Premiação do Curta-SE supera R$ 40 mil



A 14ª edição do Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe (Curta-SE) começa em menos de dez dias e a expectativa dos realizadores, cujos filmes foram selecionados para as mostras competitivas, é grande. O Curta-SE, que foi selecionado pelo programa Petrobras Cultural, acontece de 8 a 13 de setembro e terá, ao final do evento, cerca de 30 premiados. Os prêmios reunidos totalizam mais de R$ 40 mil reais.

Além das mostras competitivas haverá mostras informativas, porém somente as produções da primeira concorrerão aos prêmios que vão desde troféus até valores em espécie e em serviço. “Através das parcerias que conseguimos firmar, muitos realizadores poderão ser premiados através da parceria na locação de equipamentos de iluminação, acessórios, maquinaria, correção de cor, edição de som, entre outros. Itens importantes na produção audiovisual”, destacou a diretora Executiva do Curta-SE, Rosângela Rocha.

Na categoria de melhor curta sergipano, os vencedores serão premiados de duas maneiras: com a quantia de R$ 5 mil reais,  para o selecionado pelo júri popular, com patrocínio do Projeto Projeta Brasil Cinemark  e R$ 7 mil reais em serviços de locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinaria, para o indicado pelo júri oficial patrocinado pela CiaRio. “Escolhemos a categoria curta sergipano para receber uma premiação financeira, por entender que os realizadores recebem aporte para a pré-produção e produção, mas quando se inicia a fase de inscrição em festivais, muitas vezes falta o recurso para conclusão do processo”, explica a produtora Executiva do Festival, Deyse Rocha.

Nas mostras competitivas de longas e curta sergipano, as produções irão concorrer em duas categorias: júri oficial e júri popular. A votação do público (voto eletrônico) é realizada no dia da exibição e no local em que o filme foi exibido. O júri oficial será composto por profissionais da área. Os demais selecionados para as mostras competitivas concorrem apenas na categoria júri oficial.  Exceto nas mostras competitivas de videoclipe e de vídeo de bolso, já que a primeira será avaliada e julgada apenas pelo júri popular e a segunda pelo público através de votação exclusivamente no site curtase.org.br.

De acordo com a diretora Rosângela Rocha, quando o Curta-SE surgiu em 2001, no âmbito da Universidade Federal de Sergipe, as premiações eram feitas apenas em classificações dos três primeiros colocados. No entanto, a partir de 2003, quando o festival se institucionalizou por meio da criação da Casa Curta-SE, surgiram parcerias que possibilitaram premiar os vencedores do Curta-SE tanto financeiramente como através de cursos e serviços. 

Para a diretora executiva, o festival além de promover o acesso às mais recentes realizações de curtas e longas também cumpre o papel de estimular novas produções cinematográficas, bem como a continuidade destas por meio da distribuição e inscrição em festivais. “Para tanto, estabelecemos parcerias com empresas incentivadoras da sétima arte, como é o caso da Cinemark/Projeta Brasil, Cia Rio, Mistika e Mix Estúdios, no intuito de premiar em serviço, bem como em valor financeiro”, complementa.

Atrações musicais- Durante o Curta-SE 14, acontecerá o Projeto “Curta o Som” que evidenciará a diversidade de sons e o diálogo intercultural tendo a música como foco de aproximação de artistas sergipanos e nacionais em vários cantos da cidade. “Dessa maneira, fortalecemos o Curta-SE como um canal da diversidade cultural brasileira, além de canal de difusão do bem cultural audiovisual”, destaca a diretora Executiva do Festival, Rosângela Rocha. 

Para a primeira atividade do "Curta o Som", o Festival, em parceria com a iniciativa privada, trará para o palco do Tobias Barreto, na cerimônia de abertura, o cantor Arnaldo Antunes. No sábado, 13, após a cerimônia de premiação, a cantora Zizi Possi será a responsável pelo espetáculo musical. O ingresso custará R$ 40 + 1kg de alimento, para cada show e começará a ser vendido na bilheteria do teatro, a partir desta terça-feira, dia 2.

No espaço do Oceanário de Aracaju, nos dias 11 e 12 de setembro, o Projeto “Curta o Som” dialogará com os artistas sergipanos do trio pé de serra "Os Três Moleques", “Mimi do Acordeon”, “Coutto Orchestra”, “Naurêa” e “Global Beats DJS”, além de contar com a parceria de importantes municípios divulgando a diversidade de sua cultura durante a semana do Festival.

 Premiações do Curta-SE 2014
- Prêmio Projeta Brasil Cinemark
Melhor longa – Júri Popular

- R$ 5.000,00 (cinco mil reais) – VLE*
 - Prêmio Projeta Brasil Cinemark

Melhor Curta Sergipano – Júri Popular
- R$ 5.000,00 (cinco mil reais) – VLE*

 - Prêmio CiaRio
 Melhor Curta-Metragem Sergipano – Júri Oficial
 R$ 7.000,00 (sete mil reais) – VLS** - locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinaria.
 
 - Prêmio CiaRio
 Melhor Curta Iberoamericano – Ficção – Júri Oficial
- R$ 7.000,00 (sete mil reais) VLS** - locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinaria.

 -Prêmio Mistika
 Melhor Curta Iberoamericano -  Animação – Júri Oficial
 - R$ 8.000,00 (oito mil reais)  VLS** -Serviços de  conformação do material, correção de cor, encode de DCP ou aplicação de letreiros.

 -Prêmio MIX Estúdios
  Melhor Curta Iberoamericano - Documentário -  Júri Oficial
 - R$ 8.500,00 ( oito mil e quinhentos reais) VLR** -  Edição de som (40 hrs ) em 5.1

VLE* - Valor em Espécie
VLS** - Valor em Serviço



Postar um comentário