segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

São Benedito, Nossa Senhora do Rosário e o Povo de Laranjeiras





































Ontem, no final da tarde, quando retornava de Laranjeiras, depois de uma estadia de dois dias na Fazenda Varzinhas, da amiga e excelente anfitriã, Adriana Hagenbeck, meu pensamento vagueava longe, ainda sob o ritmo dos batuques dos grupos folclóricos que desfilaram pela cidade, naquela tarde mágica.
Ao contrário do que eu havia flagrado na noite de sexta-feira, quando uma dezena deles participaram de um cortejo- da prefeitura até a Praça da Conceição-juntamente com as autoridades locais, esse desfile do domingo, foi algo mais visceral.

A cidade de certa forma "parou" para observar o que se processava na rua, mas ao mesmo tempo, aquela mistura de ritmos, cores, alegria, devoçã e fé, não deixava ninguém parado, transformando as ruas apertadas em verdadeiros mares de gente.
Eu estava no meio daquilo tudo e pela primeira vez. Sim, PRIMEIRA VEZ. Já havia conferido vários roteiros folclóricos da cidade, em outras edições do Encontro Cultural, mas nunca havia acompanhado a Procissão de São Benedito e Nossa Senhora do Rosário.

Que deleite! Uma energia sem igual... Eu impunhava minha câmera, tentando congelar momentos que eu não conseguia imaginar estáticos. Na verdade, ainda estão na minha mente. Um filme, constantemente, é reprisado em meu cérebro, e nele, sou espectadora e "brincante" também.

Talvez, não com a mesma destreza daquelas senhoras e crianças, que debaixo de um sol forte e de um sobe e desce de ladeira, não estampavam nenhum sinal aparente de cansaço e nem com o ritmo nos pés dos dançarinos e nas mãos dos tocadores. Mas, com certeza, meu sorriso estava tão largo quanto os deles, naqueles 60 minutos de puro êxtase, em pleno centro histórico de Laranjeiras.

Fotos: Alguns momentos singulares da Procissão de São Benedito e Nossa Senhora do Rosário
Texto e Fotos: Suyene Correia
Postar um comentário