quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Theo Angelopoulos (1935-2012)

Paisagem na Neblina_filme de Theo Angelopoulos


O cineasta do "silêncio e da contemplação" nos deixou. Theo Angelopoulos morreu na noite de ontem, vítima de uma hemorragia cerebral, decorrente de um atropelamento por moto. Responsável por uma filmografia ímpar, composta por obras inesquecíveis como "Paisagem na Neblina", "A Eternidade e Um Dia", "Um Olhar a Cada Dia" e "O Passo Suspenso da Cegonha", Angelopoulos estava com 76 anos e em plena forma.

Apesar da sua terra natal passar por um momento crítico, economicamente falando, o cineasta grego estava envolvido na produção intitulada "The Other Sea" e morreu no momento em que buscava locações para o novo filme.

Se o internauta não conhecia o diretor, pode ficar por dentro de sua trajetória artística navegando o seu site oficial  (http://www.theoangelopoulos.com ). Mas o melhor mesmo é alugar um dos seus filmes e perceber como o cineasta explorava com maestria as angústias existenciais dos personagens nas tramas que conduzia.

Recomendo para início de conhecimento de sua filmografia, o tocante "Paisagem na Neblina" (1988). Trata-se da incursão de dois irmãos rumo à Alemanha para encontrar o pai que nunca conheceram. Nesta jornada rumo ao desconhecido, Voula e Alexandre passam por maus bocados e o processo de amadurecimento das crianças é inevitável. O incrível é como Angelopoulos delineia essa passagem da infância para a adolescência. Puro cinema.

Legenda da Foto: Voula (Tania Palaiologou) e Alexander (Michalis Zeke) rumam de trem para a Alemanha atrás do pai em "Paisagem na Neblina"
Postar um comentário