terça-feira, 7 de maio de 2013

Escritora Mirim Sergipana é destaque Internacional



Alice Vitória_foto Jorge Henrique_http://bangalocult.blogspot.com
Alice lançará, no final do mês, seu segundo livro multilíngue


Quem vê a sorridente Alice Vitória Rocha Silva, uma menina de longos cabelos ondulados e óculos de armação pink, imersa na leitura de um livro infantil, não imagina o quanto ela “dá asas” à sua imaginação. Tanto assim, que de leitora voraz (já leu cerca de 1.500 historinhas) tornou-se escritora com apenas cinco anos, e após lançar “O Monstro de Chocolate” na Bienal do Livro de São Paulo em 2010, em versão multilíngue, e tê-lo exposto há 15 dias, no The London Book Fair, prepara-se para colocar no mercado o segundo livro (também traduzido, simultaneamente, em inglês, francês e espanhol) intitulado “A Bruxinha Boazinha e os Ratinhos de Circo”.

O lançamento da segunda publicação está marcado para o dia 28 de maio, no Teatro Tobias Barreto, com a presença de Maurício de Sousa, que assina o prefácio deste livro. Nesse dia, Alice Vitória estará recebendo a medalha do mérito cultural oferecida pela Prefeitura Municipal de Aracaju e o quadrinista paulista receberá o Título de Cidadão Sergipano, requerido na Assembleia Legislativa de Sergipe, pela deputada Ana Lúcia.

Enquanto “O Monstro de Chocolate” fala de rapto de crianças, onde o bandido Chocolate invade a casa das irmãs Vivi e Glorinha para vendê-las, “A Bruxinha Boazinha e os Ratinhos de Circo” toca no tema da discriminação. “É a história de uma bruxinha que foi criada por fadas, mas quando descobrem que ela é uma bruxa, ela é discriminada no mundo das fadas e vai parar no mundo das bruxas. Mas também é discriminada por elas, porque não consegue fazer maldade. Aí ela vai para o circo, onde encontra os dois ratinhos- Renan e Cataplim- e aí, ela fica morando lá, aprendendo a fazer os números circenses”, explica a escritora de 10 anos de idade.

Quando questionada sobre seu dia-a-dia, Alice diz que estuda e brinca muito com os irmãos Sofia da Glória e Vítor Lucas, mas não dispensa as horas de leitura. Entre um filme e um bom livro, a garota escolhe a segunda opção como forma de lazer. “Desde quando estava na barriga de minha mãe, que ela já lia prá mim. Comecei a ler com três anos e, atualmente, estou lendo ‘Meu Pé de Laranja Lima’. Mas o livro que mais gostei até hoje, foi o primeiro da Saga Crepúsculo”, revela a admiradora das histórias dos Irmãos Grimm, de Ana Maria Machado e Maurício de Sousa. 

Segundo o jornalista Amoroso Jorge, pai da escritora e seu assessor, Maurício de Sousa conheceu Alice Vitória na Bienal do Livro de São Paulo há três anos. Eles trocaram livros autografados e o quadrinista ficou encantado com a desenvoltura da garota. Após negociações, Amoroso Jorge conseguiu que Maurício assinasse o prefácio de “A Bruxinha Boazinha e os Ratinhos de Circo” e viesse a Aracaju, para receber a homenagem.

“Além disso, deverá ser anunciado um empreendimento cultural em Sergipe, que é uma coisa fascinante. O Maurício tinha o parque da Mônica, instalado no Shopping Eldorado em São Paulo, que não funciona desde 2010. Sugeri, então, que o Maurício de Sousa conversasse com as autoridades locais, para que esse parque fosse instalado aqui. É provável que isso aconteça e, sendo assim, seria um potencial atrativo turístico para a cidade”, explica Amoroso Jorge.

Com cerca de 20 histórias já prontas para publicar, Alice Vitória sempre demostrou a vontade de que crianças de várias partes do mundo tivessem acesso aos seus livros. Daí, a opção por um livro multilíngue. Mas não foi fácil convencer a filha de que não era possível traduzir “O Monstro de Chocolate”, com ilustrações de Rogério Torres, para mais de quatro idiomas.

“Depois de muita conversa, convenci-a de que o livro já teria um alcance muito amplo se traduzido para o espanhol, francês e inglês. Mas só consegui editá-lo, depois de dois anos de pronto. Pedi um empréstimo no banco e, graças a Deus, com o lucro do primeiro livro, agora lançaremos o segundo, com ilustrações de Belém”, conta Amoroso. 

Além de administrar a agenda da filha famosa, o jornalista coordena o blog República dos Inocentes e o projeto “Um Sonho Possível” em que ajuda crianças a desenvolver o gosto pela leitura e revela novos talentos literários infantis. “Na prática, a prefeitura de uma cidade adquire exemplares do livro de Alice Vitória, a gente vai para a cidade, realiza sessão de autógrafos e atividades de incentivo à leitura com alunos da rede pública de ensino ou particular e se detectarmos escritores mirins promissores, analisamos as histórias escritas por elas e a meta é publicar um livro coletivo com histórias ilustradas e traduzidas simultaneamente. O lançamento deste livro deverá acontecer no dia 20 de novembro”.

Até lá, a família Rocha Silva estará envolvida em muitas atividades literárias, com o lançamento de “A Bruxinha Boazinha e os Ratinhos de Circo”. Entre os eventos importantes, a Feira do Livro de Frankfurt 2013, que esse ano homenageia o Brasil.

Crédito da foto: Jorge Henrique

Postar um comentário