segunda-feira, 7 de julho de 2008

Filme local inflama debate no Fest Paulínia

Hoje, pela manhã, no debate sobre os filmes regionais, a conversa foi inflamada por conta do filme "Caminhos do Tempo" realizado por Sarah Moura e que foi exibido na noite de ontem. A jovem diretora de 17 anos, não esteve presente ao debate, mas o roteirista e produtor Rogério Abade não aprovou minhas colocações sobre o amadorismo da produção, o tom piegas entre outros problemas técnicos.
Penso que para um profissional amador do audiovisual (apesar dele ter alguns curtas no currículo), ele ainda tem muito o que aprender sobre humildade. Ele, que por sinal, falou antes da exibição no Theatro Municipal de Paulínia que gostava muito de pessoas simples e humildes, como a Sarah, esqueceu de colocar em prática esta virtude.
O filme é de um didatismo impressionante, mas isso não compromete a qualidade da Escola Magia de Cinema, já que não é por conta de um único produto, de uma única aluna que podemos classificar uma instituição. Espero que o roteirista reflita sobre as questões levantadas e esteja mais aberto às críticas construtivas.


Suyene Correia
Postar um comentário