quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Depois de um refresco, volto à labuta

Ontem fui ao Rio de Janeiro, a fim de cobrir o lançamento dos editais do Programa Petrobras Cultural 2008/2009. O evento aconteceu no MAM e contou com as presenças de Juca Ferreira, (Ministro da Cultura), José Sérgio Gabrielli (Presidente da Petrobras) e Wilson Santa Rosa (Gerente Executivo de Comunicação da Petrobras), além da imprensa e personalidades da cultura nacional.

Bem elegante, Marieta Severo foi a Mestre de Cerimônias e antes que as os "principais atores" da festa se pronunciassem, assistimos a um vídeo institucional apresentado por Andréa Beltrão (sócia de Severo, no Teatro Poeira).
Como a cerimônia acabou relativamente cedo, deu tempo de eu fazer um tour cultural.

Aproveitei e conferi a exposição do MAM, que traz parte da Coleção Gilberto Chateaubriand (o pessoal já está montando a grande exposição sobre os 60 anos do MAM que deve ser aberta ainda este mês) e a pequena, porém, brilhante exposição (conta com uma única instalação) de Alex Fleming, "Sistema Uniplanetário In memoriam Galileo Galilei"
Depois dei uma passadinha no Centro Cultural da Justiça Federal e conferi também a exposição "De Dentro Para Fora" de Edna Kauss; "Íntimo", a exposição fotográfica (manipulada digitalmente) do espanhol Miguel Fernández e escultura de Sandro Lucena; a criatividade de do artista plástico Zitto Bedat em criar suas esculturas através de folhas de livros, na mostra "Releitura" e a mais concorrida do espaço, a exposição "Um Soneto Para Carolina- Cartas e Lembranças dos Últimos Anos da Vida de Machado de Assis" (achei meio massante essa coisa de ficar ouvindo através de fones, a narraçção das cartas de Machado, enquanto as mesmas são mostradas em vídeo).

Infelizmente, como a Greve dos Bancos ainda não acabou, o Centro Cultural da Caixa estava fechado. Museu Nacional de Belas Artes também só contava com exposição de acervo e o Centro Cultural Banco do Brasil, se preparara para receber uma big exposição de arte contemporânea. Antes de seguir caminho para a zona sul, marquei presença na Berinjela (sebo de livros e discos).
Segui para o Espaço Unibanco e fui comprar meus souvenirs e livros na "Luzes da Cidade". Depois de tanta caminhada e carregada de muito peso (embaixo de um sol de 35oC) terminei meu roteiro cultural "batendo ponto" na Livraria Prefácio.
Se eu não tivesse tão cansada, teria ido conferir a bem comentada exposição do Corpo Humano no Museu Histórico Nacional. Fica para a próxima...

P.S. Quem tiver interesse em inscrever um projeto cultural para o Programa Petrobras Cultural é só acessar http://www.petrobras.com.br/ e tomar conhecimento do formulário.

Foto: Juca Ferreira (bem charmoso de brinquinho dourado) falou sobre a importância da parceria que o Minc faz com a Petrobras

Crédito da Foto: Steferson Farias

Suyene Correia
Postar um comentário