quinta-feira, 23 de julho de 2009

Pianista virtuose se apresenta no TTB

A pianista portuguesa Maria João Pires se apresenta, logo mais, à noite, no Teatro Tobias Barreto, acompanhada da Orquestra Sinfônica de Sergipe (ORSSE), sob a regência do maestro Guilherme Mannis.

Ontem, pela manhã, após ensaio com a ORSSE, Maria João e os irmãos holandeses Lucas e Arthur Jussen- que também se apresentarão no concerto- bem como a secretária de Estado da Cultura, Eloisa Galdino e Guilherme Mannis, concederam entrevista coletiva à imprensa.

Bastante simpática, a pianista disse estar muito contente em comemorar seu 65o aniversário em Aracaju, tocando para o público, além do que, hoje também faz 60 anos que ela deu seu primeiro concerto. "Nesse primeiro contato com a ORSSE, achei-a muito boa. Adoro tocar com orquestra jovem, porque os músicos têm uma motivação muito grande. Estou admirada com o desempenho deles", disse.

No programa de logo mais, serão apreciadas a Sonata para Piano no. 8, em dó menor, op. 13, 'Patética' de Beethoven, executada por Lucas Jussen; Concerto para Piano e Orquestra no. 12, em lá maior, K. 414 de Mozart, executado por Arthur Jussen e Concerto para Piano e Orquestra no. 2, em fá menor, op. 21 de Chopin, executado por Maria João Pires.

"Os irmãos Jussen são meus alunos há seis anos e quando estão de férias, vêm até o Brasil para ter aulas comigo. Dessa vez, os convidei a participar dessa apresentação e como foi uma decisão meio em cima da hora, eles irão apresentar essas composições que já estavam bem ensaiadas", explicou Maria João, ao ser questionada sobre a escolha do programa.

Ela que reside em Lauro de Freitas desde 2006, pretende junto com o Governo do Estado de Sergipe desenvolver um projeto social com profissionais da música. As negociações ainda são embrionárias, mas a expectativa é que no ano que vem, o projeto seja colocad em prática.
Maria João Pires que já tocou com grandes orquestras do mundo, mudou-se para o Brasil a fim de repensar a vida. Mas disse que se sente 'em casa' aqui, no país.

"Foi um recomeço essa mudança toda, mas estou mais acostumada agora. Fui muito bem acolhida no Brasil, sinto-me em casa. Ainda que viaje muito para a Europa, a trabalho", finalizou.
Os ingressos para o concerto de logo mais, às 20h30, estão à venda na bilheteria do teatro, ao preço de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Legenda da Foto: Arthur Jussen ensaia com a ORSSE o concerto de Mozart

Texto: Suyene Correia

Foto: Jadilson Simões
Postar um comentário