quinta-feira, 16 de julho de 2009

Roberto Moreira quer saber: "Quanto Dura o Amor ?"
















Não sei se o filme "Quanto Dura o Amor ?" de Roberto Moreira sairá o vencedor do II Festival Paulínia de Cinema, que se encerra hoje, à noite, mas com certeza alguns prêmios ele irá abocanhar, sobretudo no que diz respeito às interpretações (arrisco o prêmio de melhor ator e atriz coadjuvantes).
A verdade é que a trama que envolve três histórias de amor paralelas, encantou não só a crítica, como o público, por conta de seu tom realista. Isso em parte, deve-se ao elenco afiado formado por Silvia Lourenço, Maria Clara Spinelli, Paulo Vilhena, Danni Carlos, Gustavo Machado, Fábio Herford, Leilah Moreno e Paula Pretta, além da mão do diretor (não vi "Contra Todos", mas é um filme de Moreira bastante elogiado).
Fotografado por Marcelo Trotta (poucas vezes, a cidade de São Paulo foi tão belamente fotografada como nesse filme) e com trilha sonora assinada por Lívio Tragtenberg (que inseriu na trama, o sucesso “High and Dry” do Radiohead), "Quanto Dura o Amor? ", segue as relações amorosas de diversos gêneros, culminando com uma surpresa no final da projeção, que deixa o espectador mais desatento à trama, um tanto quanto desnorteado.
Assim que a jovem atriz Marina, vivida por Silvia Lourenço, decide deixar o interior e partir para capital atrás de realizar seu sonho profissional, logo no início do filme, o espectador é embalado pela canção da banda inglesa Radiohead, presente no CD “The Bends” (1995).
Ela se hospeda na casa de uma amiga, a advogada Suzana (Maria Clara Spinelli) e parte para fazer testes de comerciais de TV e peças teatrais. Enquanto se adapta à vida urbana, conhece, numa boate, a cantora Justine (Danni Carlos) com quem inicia um relacionamento.
O problema é que ela é casada com Nuno (Paulo Vilhena) e, nessa relação, três parece ser demais. Entre desilusões, paixões e porque não dizer, amor, Marina vai tocando sua vida na “Selva de Pedra”, que sob a ótica de Roberto Moreira torna-se uma cidade sedutora.
Paralelamente a essa trama, vemos a tentativa frustrada do escritor solitário Jay Machado (interpretado pelo excelente Fábio Herford) em conquistar a garota de programa, vivida por Leilah Moreno e o início do romance de Suzana com seu colega de trabalho, Gil ( Gustavo Machado), que levará o filme a um desfecho revelador.
À exceção do ator Paulo Vilhena e da cantora Danni Carlos, o casting do filme é pouco conhecido da maioria das pessoas, uma vez que os atores atuam mais em teatro e, em cinema, fizeram poucos trabalhos. Nem por isso, o filme deve deixar de fazer uma bela trajetória após o lançamento nacional, programado para acontecer em setembro.
É torcer para que o filme chegue pelas bandas de cá. Se depender da produtora cearense Geórgia Araújo, isso irá acontecer. Quem viver, verá...

Texto e Fotos: Suyene Correia
Foto 1: O diretor Roberto Moreira explica à imprensa como foi o processo de filmagens
Foto 2: Leilah Moreno, que participou de "Antônia", arrasa no novo filme, na pele de uma garota de programa
Foto 3: Silvia Lourenço interpreta Marina, uma jovem atriz que sonha em alçar grandes voos na cidade grande
Foto 4: Maria Clara Spinelli é a grande revelação- literalmente- do filme "Quanto Dura o Amor?"
Foto 5: Elogiado pela crítica especializada, o ator Gustavo Machado faz par romântico na trama com Suzana (Spinelli)
Postar um comentário