sexta-feira, 20 de maio de 2011

Adele: Na maioridade



Será que se Adele não conseguisse colocar duas canções ("Someone Like You" e "Rolling The Deep") e seus dois discos entre os TOP FIVE, das paradas britânicas no início do ano, teríamos conhecimento de seu talento pelas bandas de cá?

Pode até ser. Mas aí, a garimpagem seria mais árdua, poderia ser uma casualidade encontrá-la no youtube. O importante é que seu segundo CD, intitulado "21" (o primeiro chama-se "19), já pode ser adquirido na Escariz e eu não paro de escutar. A garota tem uma voz potente ( como poucas) e qualquer comparação a Amy Winehouse é perda de tempo. Ambas envolvem o ouvinte pela voz, mas o estilo, "a pegada", é bem distinto.

Amy é mais performática; Adele é mais contida (canta até sentada...). Amy abusa dos graves, enquanto Adele passeia pelas notas mais altas e agudas. Ambas são afinadíssimas, mas talvez os fãs da primeira demorem um pouco para serem seduzidos pela jovem Adele Laurie Blue Adkins, nascida em Londres, a 05 de maio de 1988.

O que sei é que o "new soul" que a garota apresenta, embalada por pitadas pop, é grudento que só. Não tem como não entoar junto com a lourinha, quando ela solta o vozeirão em "Don't You Remember", "Rolling The Deep" e  "Set Fire to The Rain" (minha predileta).

Prá ouvir acompanhado (a) ou só, curtindo uma fossa.

P.S. O disco "19" na edição nacional deverá começar a ser vendido a partir do dia 23/05, na Livraria Cultura.

2 comentários:

Lara disse...

Eu conheci o trabalho da Adele muito antes dela estourar na mídia.

Mas só porque garimpei a trilha sonora de um seriado que eu assistia na época, e por sorte encontrei essa beleza de cantora.

Bangalô Cult disse...

Pois é, Lara. Se a gente não "se virar", deixa de conhecer preciosidades como Adele.
No meu próximo post, tem mais uma "pérola" de cantora inglesa.
Confira.