sexta-feira, 29 de agosto de 2008

"Senhor dos Labirintos" 10 Anos Depois...

O Grupo Imbuaça lotou as dependências do Teatro Atheneu ontem, à noite, por ocasião da apresentação do espetáculo Senhor dos Labitrintos, um dos marcos do repertório do grupo de teatro de rua. Como eu não havia assistido à primeira montagem, minha curiosidade era tamanha, ao ver retratada no palco, um pouco da vida do vanguardista Arthur Bispo do Rosário.
Também protagonista da primeira montagem- Rivaldino Santos- encarna com maestria o esquizofrênico Bispo, destoando e muito, dos atores principiantes (salvo o pouco aproveitado comandante da embarcação e um dos anjos que aparecem recorrentemenete para o personagem louco).
Destaque também para Tetê Nahas (um pouco marcada pelo personagem Urânia, de Antônio, Meu Santo ), Lizete Feitosa e Lindolfo Amaral, que interpretam loucos residentes da Colônia Juliano Moreira e a parte técnica do espetáculo, sobretudo o cenário (renovado), a trilha sonora e a iluminação.
O único porém da apresentação deu-se por conta dos microfones utilizados pelos atores. Quando alguns deles saíam para trocar de roupa, devido ao não desligamento dos mini-amplificadores sonoros, o público ouvia ruídos desagradáveis que interferiam nas falas dos atores em cena.
Após a apresentação do espetáculo, os atores receberam os cumprimentos dos admiradores e autografaram o livro Imbuaça 30 Anos- A Construção da Memória. Este, por sinal, com um projeto editorial bastante arrojado, merecia um pouco mais de conteúdo textual sobre a história do grupo e a inclusão das fichas técnicas dos espetáculos de repertório.
A organização do livro, que só pôde ser publicado, devido ao patrocínio da Funarte-Petrobras, através do Prêmio Myrian Muniz, coube ao ator Lindolfo Amaral.
Quem quiser adquirir o livro, basta se dirigir à sede do grupo e desembolsar R$ 20 (preço de custo). A sede fica localizada à Rua Muribeca (no início da ladeira da Colina de Santo Antônio).

Suyene Correia

Foto: César Oliveira
Postar um comentário