sexta-feira, 1 de julho de 2011

Inscreva-se no 38o Salão Internacional de Humor de Piracicaba

Os artistas do humor gráfico ainda têm chance de participar da 38º edição do Salão Internacional de Humor de Piracicaba. O evento, que já contou com a participação de grandes nomes como Ziraldo, Millôr, Zélio, Henfil, Jaguar e Laerte, encerra suas inscrições em 20 de julho. Os trabalhos podem ser enviados em cinco categorias – Vanguarda, Cartum, Charge, Caricatura  e Tiras – e a premiação total é de R$ 35 mil. 

Considerado um dos mais tradicionais do mundo, na edição anterior o salão recebeu cerca de 1.800 trabalhos de 51 países. Este ano, a expectativa é ainda maior, pois, pela primeira vez, as inscrições e o envio dos trabalhos poderão ser feitos digitalmente para todas as categorias.
 
Para participar da 38a edição do Salão, que acontece de 27 de agosto a 16 de outubro, cada artista, profissional ou amador, pode enviar até três trabalhos originais por categoria. De acordo com o regulamento, a categoria Cartum abarca o humor gráfico com temas universais e atemporais; a Charge retrata temas jornalísticos da atualidade; a Caricatura é considerada o humor que expressa os traços físicos ou de caráter de personalidades conhecidas; e as Tiras são a arte gráfica em seqüência, com enredo que se fecha em um formato padrão, usualmente publicada em colunas de jornal. 

Para a categoria denominada Vanguarda  são aceitos somente trabalhos que abordem o tema proposto pela organização do evento: a alimentação. As inscrições podem ser feitas por correio ou por e-mail e o regulamento pode ser acessado pelo endereço http://salaodehumor.piracicaba.sp.gov.br/humor/

O Salão de Humor de Piracicaba, sob responsabilidade da Secretaria da Ação Cultural da Prefeitura do Município de Piracicaba, surgiu em 1974. Sua primeira edição contou com a participação de Millôr, Ziraldo, Zélio, Jaguar, Fortuna e Ciça. A partir de 1976, assumiu sua característica internacional, com a exposição do cartunista Francês Cloude Molliterni. 

Já no ano seguinte, o Salão de Piracicaba foi preparado para receber trabalhos de diversos países, incluindo amostras dos cartunistas Sergio Aragonez, da revista MAD, Goefrey Dickson da revista inglesa Punch e Hermenegildo Sabat, do jornal argentino El Clarín.

Entre os brasileiros que já passaram pelo salão há nomes como Henfil, Luis Fernando Veríssimo, Paulo e Chico Caruso, Angeli, Laerte, Glauco, Edgar Vasques, Jaime Leão, Santiago, Fausto Longo, Erasmo e tantos outros talentos. Atualmente, o Salão Internacional do Humor de Piracicaba pode ser considerado um dos mais importantes encontros do humor gráfico do Brasil e do exterior.
Postar um comentário