quinta-feira, 21 de julho de 2011

Vem aí o Festival Sergipano de Micrometragens


De 17 a 21 de agosto, acontece a primeira edição do Festival Sergipano de Micrometragens- tr3s.minutos, realizado pelo Coletivo Azedume e Instituto Federal de Sergipe (IFS). Com 97 vídeos inscritos (uma grata surpresa para os coordenadores, Marcus Mota e Cleiton Lobo), o festival, que terá atividades no IFS e no SESC/centro,  propõe fomentar o cenário local da produção de filmes por meio de fontes de captação digital, destinados à exibição em aparelhos celulares. O foco são os micrometragens ou filmes com a duração curtíssima, entre 30 segundos e 3 minutos e durante o evento, ocorrerão debates, oficinas, mesas redondas, exibições de filmes e apresentações musicais.

A ideia de criação do tr3s.minutos foi tomando forma na mente de Marcus Mota, quando ele, calouro do curso de Audiovisual da UFS, participou no Curta-SE 9, de um workshop Cel.U.Cine com o coordenador do Festival Internacional de Micrometragens, Marco Altberg. “Foi a partir daí, que fiquei remoendo sobre o assunto e um ano e meio depois, decidi colocar em prática um festival de micrometragens em Sergipe”, explica Marcus Mota.

Não foi difícil conseguir o apoio do colega Cleiton Lobo para essa empreitada. O mais trabalhoso foi convencer possíveis apoiadores e patrocinadores sobre a importância de se fazer um evento como este, ainda inédito em nosso Estado. “Na verdade, o tr3s.minutos não se resume à duração dos cinco dias de festival. Ele é um projeto muito mais amplo que engloba também oficinas de vídeo que foram realizadas no campi da IFS, de São Cristóvão, Nossa Senhora da Glória e Estância, a fim de estimular o uso de novas tecnologias para a produção audioviusal com foco nos micrometragens”, diz Mota.

O resultado dessas oficinas farão parte de uma mostra não competitiva do Festival Sergipano de Micrometragens que é baseado em software livre e os autores compartilharão seus direitos autorais sobre os filmes inscritos através da licença copyleft. “Quem acompanhar as atividades presenciais em agosto, no IFS e SESC/centro, serão convidadas a receber via bluetooth os vídeos inscritos e compartilhar com outras pessoas. Além disso, todos os vídeos inscritos foram licenciados no ato da inscrição como copyleft, ou seja, ‘é estimulada a cópia desde que não seja para fins comerciais e que sejam citados o autor, a fonte e a nota incluída’”.

Marcus Mosta informa ainda que até o dia 29 de julho, estão abertas inscrições para monitoria no Festival. O resultado será divulgado na primeira semana de agosto. Serão ofertadas 42 vagas e os selecionados receberão certificado de 30 horas. Os interessados deverão atender aos requisitos dispostos no edital, preencher a ficha de inscrição e enviar para o email tr3sminutos@gmail.com. O edital e a ficha de inscrição estão disponíveis em www.tresminutos.org.

O Festival Sergipano de Micrometragens conta com o apoio do IFS, SESC/SE, Fundação Aperipê, Secretaria de Estado da Cultura, ABD/SE, Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira, Casa da Rua da Cultura, Instituto GBarbosa, Cartaz de Cinema, Claro, Festival Internacional de Cinema sobre Globalização, Ativa-Impressão Digital, Gráfica Editora J.Andrade.

Legenda da Foto: Marcus Mota é o idealizador do tr3s.minutos
Crédito da Foto: Jadilson Simões
Postar um comentário