sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Público prestigia Concerto de Trilhas

A última vez que tinha visto o Teatro Tobias Barreto lotado, numa apresentação da Orquestra Sinfônica de Sergipe, foi quando o maestro e compositor fancês Michel Legrand tocou junto com a referida orquestra, em junho de 2009. Na época, não teve ingresso para quem quis.

Ontem, no concerto em que a ORSSE dedicou o repertório a famosos temas de filmes, como "Guerra nas Estrelas", "Super Homem", "Piratas do Caribe" e "Harry Potter e a Pedra Filosofal", o público também se fez presente em massa e, acredito que a disputa por um dos 1.340 lugares do teatro, deve ter sido acirrada.

Na primeira parte, regida pelo maestro assistente Daniel Nery, aconteceram alguns deslizes no naipe de metais. Os trompetes pareciam ainda "frios" para alcançarem de forma satisfatória as notas que o tema de "Indiana Jones", composto por John Williams, exige. O problema se repetiu, no não menos exigente, tema de "Super Homem".

O músicos começaram a entrar "nos eixos", a partir da execução de "Por una Cabeza" de Carlos Gardel, presente numa das cenas chave do filme "Perfume de Mulher". O solista da canção foi o spalla da ORSSE, Márcio Rodrigues. O encerramento da primeira parte deu-se com a execução do tema de "Star Wars", também de John Williams. Dessa vez, os músicos estavam mais sintonizados e foi um deleite ouvir a 'Marcha Imperial' e o 'tema de Yoda'.

Depois de uma breve pausa de 15 minutos, os músicos voltaram ao palco, dessa vez sob a regência do maestro titular Guilherme Mannis. A ORSSE parecia outra. Estava todo mundo concentrado, afinado, com os naipes de cordas e percussão sobressaindo-se na passagem dos temas de "Harry Potter e a Pedra Filosofal" e "O Senhor dos Anéis". Foi arrasador!!!

Não menos importante foi a execução do melancólico tema de "A Lista de Schindler", tendo Márcio Rodrigues mostrado também seus dotes artísticos como violinista, ainda que a performance tenha sido mais burocrática que emocionante. O grand finale aconteceu com a execução do tema de "Piratas do Caribe".O público ovacionou a ORSSE depois da apresentação.

Torço para que na temporada da ORSSE do próximo ano, Guilherme Mannis organize dois concertos similares a estes (um em cada semestre), privilegiando compositores como Ennio Morricone, Nino Rota ou Henry Mancini, Gabriel Yared, Michael Nyman, Thomas Newman, Hans Zimmer. 

Os cinéfilos agradecem !!! 
Postar um comentário