sábado, 17 de julho de 2010

"Tempestade" foi o melhor da noite


Com certeza eu perdi a melhor coisa da noite: a animação "Tempestade" de César Cabral. Isso porque, enquanto deu-se uma pausa nas projeções, para início da segunda parte da programação de mais uma noite do festival (primeira em competição), eu estava no hall do teatro à procura de clicks especiais.
Os poucos colegas que conferiram o curta de animação, disseram que a qualidade é ótima.
Uma pena, porque na coletiva que se inicia daqui a pouco, não terei  muito o que  perguntar ao diretor vencedor de Melhor Animação na primeira edição do Paulínia Festival de Cinema, com o excelente "Rê Bordosa".

De qualquer modo, também haverá coletiva com a equipe técnica do curta regional ("Só Não Tem Quem Não Quer" de Hidalgo Romero), com a diretora e o produtor do documentário "Leite e Ferro" de Clúaida Priscilla e ( a mais aguardada) com o elenco e diretor de "As Doze Estrelas" Luiz Alberto Pereira.

Diga-se de passagem, já escolhemos (nós jornalistas) como o pior filme do evento até o momento. É muito caricatural. O roteiro que pretende ser uma viagem ao inconsciente coletivo a partir da Astrologia, não tem começo, meio e nem fim. Parece mais uma desculpa para o desfile de mulheres bonitas na tela. E só.

Talvez a atriz Cláudia Mello que interpreta a empregada doméstica de Herculano (Leonardo Brício), ganhe o prêmio de Melhor atriz (realmente, a única coisa que se salva no longa). De resto, talentos desperdiçados, como o de Paulo Betti (fazendo o papel de "destino") e Cássio Scapin (Sandoval) e participações especiais de atrizes já tarimbadas do cinema como Leona Cavalli, Mylla Christie e Silvia Lourenço.

O diretor Luiz Alberto, antes de apresentar ao público, os convidados do elenco que estavam no palco, disse que ainda não tinha visto cópia. Que iria ver o filme pela primeira vez naquela noite. Antes tivesse conferido, para quem sabe, salvar seu nome de um grande mico. Uma decepção!!!

Texto e Fotos: Suyene Correia

Legenda da Foto 1: Leona Cavalli, Cláudia Mello e Cássio Scapin

Legenda da Foto 2: Munir Kanaan e Silvia Lourenço em momento de descontração antes da projeção de "As Doze Estrelas"

Legenda da Foto 3: A bela Leona Cavalli, uma das 12 estrelas do filme

Legenda da Foto 4: O ator Leonardo Brício que interpreta Herculano

Legenda da Foto 5: Mylla Christie é do signo de Gêmeos no filme "As Doze Estrelas"
Postar um comentário