segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

"Homem-Livro" promove Arrastão Literário




O ex-pedreiro sergipano, Evando dos Santos, mais conhecido como o "Homem-Livro" estará em Aracaju, esta semana, a fim de promover um Arrastão Literário no Calçadão da Rua João Pessoa. Durante três dias, Evando distribuirá cerca de mil livros aos transeuntes que estiverem passando pelo calçadão numa tentativa de estimular a população ao hábito da leitura.

"Numa terra onde saíram grandes escritores como Hermes Fontes, Tobias Barreto, Aníbal Freire, entre outros, não se concebe o baixo número de leitores, segundo pesquisas. Já realizei quatro arrastões lá no Rio, mas agora quero fazer isso na minha terra", disse Evando.

No ano passado, ele esteve em Aracaju, como convidado da III Feira de Livro que aconteceu na Biblioteca Pública Epiphânio Dória. Dessa vez, Evando está vindo por conta própria ( na verdade patrocinado por amigos que fizeram uma "vaquinha" e compraram as passagens ) e pretende levar alguns exemplares também para o interior, vestido a caráter (com um colete onde estão fixadas várias capas de livros de tradicionais escritores da terra).

Para quem desconhece, o sergipano natural de Aquidabã e hoje, residente na Vila da Penha, Rio de Janeiro, já foi tema de filme (o curta-metragem "O Homem-Livro" de Anna Azevedo) e conseguiu junto a Oscar Niemeyer, que ele projetasse o prédio que serveria de sede para sua Biblioteca Comunitária Tobias Barreto de Menezes.

Construído com recursos do BNDES, o prédio de três pavimentos abriga a biblioteca no térreo. Esta possui cerca de 14 mil livros, cota idêntica que o sergipano doou, mesmo à distância, para alguns municípios sergipanos como Malhada dos Bois, Aquidabã, Tomar do Geru e São Cristóvão.

"Utilizamos um terreno da família para a construção da biblioteca. Infelizmente, minha mãe que era a grande patrocinadora do projeto, morreu há cinco meses e tenho tido dificuldades de manter a biblioteca. Mas, ainda assim, estou tocando o barco", diz o sergipano de 49 anos.

Evando dos Santos estará desembarcando em Aracaju na tarde desta quarta-feira e, no dia seguinte, irá a campo.

Texto: Suyene Correia

Foto: Evando dos Santos em sua casa, na Vila da Penha, que abrigava a Biblioteca Comunitária Tobias Barreto

3 comentários:

Marcinha disse...

Sabe aqueles depoimentos de sofrimento e superação depois da novela das 9 da globo?? Dia desses foi ele quem contou a sua história, essa sim, bem emocionante!

E o resto é silêncio disse...

Tive o prazer de conhecê-lo ...
Um ser humano incrível

Robson Viana de Lima disse...

CARA BLOGUEIRA, FAZ TEMPO QUE NÃO LHE VEJO PELOS CORREDORES DO CINEMARK...

É COISA DE CINÉFILO. OU COISA DE QUEM NÃO TEM O QUE FAZER. MAS NÃO POSSO DEIXAR DE LHE PERGUNTAR: VOCÊ TEM SUA LISTINHA PARTICULAR DE FILMES PREFERIDOS DE 2009? MANDE AÍ SUA LISTA, MINHA CARA. PROVAVELMENTE, NÃO LHE INTERESSA, MAS LÁ VAI A MINHA (CONSIDERANDO O QUE ESTREOU EM TERRAS ARACAJUANAS):

1. ENTRE OS MUROS DA ESCOLA, PELO RETRATO (APARENTEMENTE DESPRETENSIOSO) DE UM MULTICULTURALISMO ESFACELADO;
2. VALSA COM BASHIR, PELA ESTÉTICA INUSITADA E PELA CRÍTICA À BARBÁRIE DA GUERRA;
3. AMANTES, POR JAMES GRAY E SUA CRÔNICA MELANCÓLICA SOBRE O AMOR NÃO CORRESPONDIDO E A VOLTA AO LAR;
4. ANTICRISTO, PELAS ESTRIPULIAS E CORAGEM INTELECTUAL DE VON TRIER;
5. BASTARDOS INGLÓRIOS, PELAS ESTRIPULIAS DE TARANTINO E SEU AMOR INCONDICIONAL AO CINEMA QUE CONTAGIA A QUEM (DE BOM GRADO) O ASSISTE;
6. INIMIGOS PÚBLICOS, PELO GENIAL TRABALHO DE DIREÇÃO DE MICHAEL MANN, QUE CONSEGUE, FÁCIL FÁCIL, SEGURAR UM ROTEIRO CAPENGA;
7. LUZ SILENCIOSA, PELO INUSITADO;
8. GARAPA, PELO TALENTO DE PADILHA PARA O DOCUMENTÁRIO E PELA URGÊNCIA DO TEMA QUE COMBINADOS RESULTAM NUM BELO TRABALHO;
9. A ERVA DO RATO, POR BRESSANE, UM DOS POUCOS CINEASTAS NACIONAIS DOS QUAIS SE PODE DIZER QUE TEM UMA “ASSINATURA”;
10. AVATAR, PELO DIVERTIMENTO PROVOCADO PELA MEGALOMANIA DE CAMERON.

ABRAÇO,
ROBSON.