quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Lista dos (meus) Melhores Filmes de 2009

Recebi um comentário do Robson Viana, cinéfilo como eu, mas que ultimamente não tem escolhido os mesmos horários dos filmes que a blogueira. Logo, realmente, faz um tempão que não nos vemos, trocamos ideias...

Como ele enviou sua lista dos melhores, fiquei tentada em fazer o mesmo. Alguns não passaram por aqui, mas vale o registro para conferir depois na telona ou na telinha. Fugindo à regra, listo 11 filmes. São eles:

- "A Partida" de Yojiro Takita. Merecida conquista do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 2009. Tocante...

- "Luz Silenciosa" de Carlos Reygadas. Para mim, o melhor filme que o Cine Cult exibiu ano passado.

- "Valsa Com Bashir" de Ari Folman. Grande filme de animação que concorreu com "A Partida" pela estatueta dourada.

- "O Grupo Baader Meinhoof" de Uli Edel .O filme alemão foi outro forte candidato ao Oscar de Filme Estrangeiro. Disputa acirradíssima!!

- "O Anticristo" de Lars Von Trier. O diretor se supera a cada obra. Intraduzível!!!

- "Foi Apenas Um Sonho" de Sam Mendes. Deixou-me desnorteada com o drama vivido pelo casal Wheeler (DiCaprio e Winslet)

- "A Fita Branca" de Michael Haneke". Vencedor da Palma de Ouro de Melhor Filme em Cannes 2009 conta com uma fotografia preto e branca  esplêndida de Christian Berger.

-"Ninguém Sabe dos Gatos Persas" de  Bahman Ghobadi. O diretor descortina o cenário underground do Irã em docdrama primoroso.

-"Do Outro Lado" de Fatin Akin. Outra pérola que passou por aqui, graças aos projetos da Cine Vídeo e Educação..

-"Samson & Delilah" de Warwick Thornton. O cinema australiano mostra que tem fôlego com essa história de amor calcada nos gestos e canções.

-"Avatar" de James Cameron. Grande marco do cinema desse final de década.

Assim, num  breve piscar de olhos, foram esses filmes que me lembrei. Outros tantos também poderiam fazer parte da lista, mas esses me marcaram de uma certa forma. É isso....

Texto: Suyene Correia

3 comentários:

Robson Viana de Lima disse...

CARA BLOGUEIRA,

RADICALIZO NA MINHA PROPOSTA DE LISTA DOS MELHORES E PERGUNTO: NESTA DÉCADA, LEVANDO EM CONSIDERAÇÃO O QUE ESTREOU NO CINEMA, QUE FILMES MAIS TE MARCARAM?

SEGUE UMA LISTA COM OS MEUS PREFERIDOS:

CINEMA INTERNACIONAL (NOMES UM TANTO ÓBVIOS, MAS LEVEI EM CONSIDERAÇÃO O QUE MAIS TOCOU MEU CORAÇÃO. FALTARAM OS COEN, FALTOU OLIVEIRA, FALTOU UM MONTE DE GENTE, MAS TÁ VALENDO...):

1. CIDADE DOS SONHOS (PARA UM CINEMA DE ENIGMAS DISPENSA-SE EXPLICAÇÕES...);
2. FALE COM ELA (PEDRITO FIRMOU SUA ASSINATURA, REIVENTOU-SE E NOS EMOCIONOU PRA CARAMBA NESSA DÉCADA. NÃO PODERIA FALTAR);
3. DOGVILLE (LARS, OH LARS!, CONTINUE PROVOCANDO EM NOME DOS DEUSES DO CINEMA...);
4. AMOR À FLOR DA PELE (QUASE UNANIMIDADE. LINDO DE MORRER.)
5. ENCONTROS E DESENCONTROS (UM SINGELO, TOCANTE – E POP ATÉ A MEDULA – RETRATO DA SOLIDÃO);
6. O PÂNTANO (UM CAMINHO INUSITADO QUE SE ABRIU PARA O MOROSO CINEMA LATINO...)
7. MEDOS PRIVADOS EM LUGARES PÚBLICOS (RESNAIS EM ESTADO DE GRAÇA - ALGUM DIA ELE NÃO ESTEVE?);
8. O QUARTO DO FILHO (MORETTI... ALGO MAIS NO CINEMA ITALIANO ALÉM DELE? QUEM SABE BELOCHIO, MAS NÃO VI NADA DESTE QUE TENHA ME MARCADO...);
9. AMANTES (GRAY FICA POR MINHA CONTA E RISCO. ADORO.),
10. BASTARDOS INGLÓRIOS (IDEM)


CINEMA NACIONAL:

1. CINEMA, ASPIRINAS E URUBUS (UMA MISTURA DE NEOREALISMO ITALIANO COM CINEMA NOVO. VIVA O CINEMA DE PERNAMBUCO!, MINHA TERRA);
2. SERRA DA DESORDEM (O MAIS INSTIGANTE EXERCÍCIO DE METALINGUAGEM DE NOSSO CINEMA);
3. O CÉU DE SUELI (O SERTÃO SOB UMA ÓTICA INOVADORA E PARTICULAR);
4. A FESTA DA MENINA MORTA (PERTURBADOR E VISCERAL);
5. ÔNIBUS 174 (PADILHA É FERA);
6. SANTIAGO (POEMA EM PRETO E BRANCO);
7. ENTRE ATOS (COUTINHO QUEBRA AS BARREIRAS ENTRE REAL E IRREAL EM MAIS UMA TACADA DE MESTRE QUE REIVENTA SEU PRÓPRIO CINEMA E HONRA O NOSSO – O BRASILEIRO);
8. FALSA LOIRA (CARLÃO É O CARA);
9. CLEÓPATRA (BRESSANE NÃO FICA ATRÁS),
10. CIDADE DE DEUS (UMA PONTA QUE ENCERROU E ABRIU NOVOS HORIZONTES PARA NOSSO CINEMA – MEIRELLES TALVEZ TENHA SIDO O CINEASTA QUE MAIS PRESTOU SERVIÇO AO CINEMA BRASILEIRO NESSA DÉCADA, NÃO APENAS ATRAVÉS DE SUA DIREÇÃO, SOBRETUDO ATRAVÉS DE SUA INFLUÊNCIA QUE AJUDOU A ALAVANCAR OUTRAS CARREIRAS)

Robson Viana de Lima disse...

SÓ PARA CONSTAR:

ACABO DE VER QUE A CAHIERS TAMBÉM ESCOLHEU OS SEUS MELHORES DA DÉCADA. A OPINIÃO DA REVISTA COMBINA A MINHA. ELES TAMBÉM COLOCARAM DAVID LYNCH EM PRIMEIRO LUGAR...

LYNCH É UM DOS MEUS LUXOS DE CINÉFILO. NÃO PASSO SEM (AINDA QUE IMPÉRIO DOS SONHOS TENHA DEIXADO A DESEJAR...). FICO SEMPRE NA DÚVIDA SE GOSTO MAIS DE VELUDO AZUL OU CIDADE DOS SONHOS, E NA DÚVIDA ESCOLHO OS DOIS.

VOCÊ GOSTA DELE?

PS: CRUZES! SÓ AGORA NOTEI QUE ESQUECI O MEU QUERIDO CRONEMBERG NA LISTA DOS MELHORES DA DÉCADA. FAÇO COMO VOCÊ E ACESCENTO O FILME 11: MARCAS DA VIOLÊNCIA.

Bangalô Cult disse...

Robson, estou tentando formatar a lista dos melhores da década. tarefa difícil, tendo em vista ter que fazer uma ampla pesquisa do que vi e tentar não deixar ninguém de fora.
Em breve no bangalo, minha lista de melhores.
Suyene